segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Solidão: Confira a Programação da Festa dos Romeiros 2015

A prefeitura de Solidão no sertão de PE  anunciou a programação  musical   da 45ª edição da Festa dos Romeiros 2015, que acontecerá no mês de outubro. 
No Dia 16, sexta-feira, Flavinho dos Teclados e Caninana do Forró. Dia 17, sábado,  Sandryno Ferraz e Banda Moleca 100 Vergonha.
A programação termina no domingo, dia 18, com   Toninho dos Teclados e Banda Encanto de Mulher, atrações que se apresentam na parte da tarde.

Hoje Os Parabéns é, Em Especial Para a Vereadora Eliana

A festa nesta segunda-feira dia 31/08 é para  a vereadora Eliana Maria do Nascimento, que DEUS coloque só as coisas boas em toda sua vida, e que nesta data  a  felicidade  a saúde  e a alegria te faça companhia hoje e sempre...  Homenagem do BLOG DO VERAS

domingo, 30 de agosto de 2015

Policial Militar mata outro após discussão sobre cotas raciais


Os três policiais militares realizavam o policiamento ostensivo motorizado, quando o soldado, sacou a arma de fogo e atirou na cabeça do comandante da viatura / Fernando da Hora/ JC Imagem

Do JC Online

Fernando da Hora/ JC Imagem

Um policial militar morreu na manhã deste domingo (30) após ser atingido na cabeça por um colega de batalhão enquanto faziam plantão no bairro de Apipucos, Zona Norte do Recife. Uma terceira policial foi testemunha do crime, que teria sido motivado por uma discussão sobre cotas raciais. O soldado acusado de efetuar o disparo já tinha um histórico complicado dentro da corporação, com relatos inclusive de dependência química e sérios problemas de relacionamento no trabalho. 


A vítima, Adriano Batista da Silva, 41 anos, estava na PM há pouco mais de 10 anos, serviu no 24° BPM, em Santa Cruz do Capibaribe, e, atualmente, estava no 11° BPM, em Casa Forte. Considerado por todos no batalhão como um bom policial, Adriano deixa mulher e um filho.
Os três policiais militares realizavam policiamento ostensivo numa viatura quando o soldado sacou a arma de fogo e atirou na cabeça do comandante da viatura. O policial baleado foi conduzido em estado grave para o Hospital da Restauração, mas não resistiu aos ferimentos. 
O comando da PM informou que o Centro de Assistência Social do batalhão está prestando total apoio aos familiares do PM assassinado.
A policial que presenciou o crime está em estado de choque e deve ser ouvida durante a instrução criminal. Já o agressor foi imediatamente preso e recolhido para a sede da Corregedoria da Secretaria de Defesa Social.
O autor do disparo, Flávio Oliveira, que tem sete anos na Corporação, ao final da instrução criminal poderá ser submetido a um processo de Licenciamento ex-officio e ser expulso dos quadros da Corporação.

sábado, 29 de agosto de 2015

Boneco inflável de Lula é rasgado e gera confusão no centro de São Paulo

Da Folhapress

A ideia é que o boneco inflável faça aparições públicas em cidades do interior de São Paulo, que ainda não foram definidas / Foto: Antônio Cruz/ABr

Foto: Antônio Cruz/ABr

Apoiadores e opositores do governo Dilma se envolveram em confusão nesta sexta-feira (26) depois que um boneco inflável do ex-presidente Lula vestido de presidiário foi rasgado no viaduto do Chá, na frente da Prefeitura de São Paulo.

Apelidado de "Pixuleco", o boneco que ganhou fama instantânea durante as manifestações pró-impeachment de Dilma Rousseff do dia 16, iniciou um tour pelo país.
Nesta manhã, foi exibido na zona sul de São Paulo.
A confusão envolvendo o boneco começou depois que um homem que passava pelo local tentou danificar o equipamento usado para inflá-lo.
O homem foi contido pela Guarda Civil Metropolitana. Em seguida, foi hostilizado pelos manifestantes, que tentaram agredi-lo e interromperam o trânsito no viaduto por alguns minutos.
"Eu não sou obrigado a ver isso aí. Fosse um boneco de 5 cm do Alckmin alguém dava um tiro em dois segundos", afirmou o rapaz, que não quis se identificar.
Nesse momento, simpatizantes do governo que foram atraídos pela movimentação começaram a trocar ofensas com o primeiro grupo de manifestantes e gritar em apoio à presidente Dilma Rousseff e a Lula.
Na confusão, alguém fez um rasgo no boneco, supostamente com uma faca. A GCM prendeu a estudante de direito Emanuele Tomaziel, 21, apontada pelas lideranças da manifestação como responsável pelo rasgo.
Por telefone, Emanuele negou que tenha furado o boneco. "Estava no meio da confusão e me pegaram", afirmou.
Depois do incidente, o boneco foi desinflado pela empresa contratada pelos movimentos pró-impeachment. Os líderes dos movimentos foram embora em seguida, mas opositores e simpatizantes do governo continuaram discutindo, observados pela GCM e pela PM.
O incidente foi lamentado por Ricardo Honorato, integrante do Movimento Brasil e responsável por ter levado o boneco ao protesto em Brasília.
Segundo ele, "Pixuleko" passará por novo "check-up" e não interromperá seu tour por outras cidades brasileiras. "Não é isso que vai nos impedir de ele viajar por todo o país, mesmo que a cada aparição ele tenha de ser consertado", disse.
A ideia é que o boneco inflável faça aparições públicas em cidades do interior de São Paulo, que ainda não foram definidas.
Com pedidos de visitas em todo o país, o Movimento Brasil ainda decide se "Pixuleko" deve continuar no próximo mês na região Sudeste, em Estados como Minas Gerais e Espírito Santo, ou trilhar caminhos mais longos: viajando à região Nordeste.
A alegoria de plastico foi batizada em referência ao termo usado pelo ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto para se referir a propina, segundo o empreiteiro Ricardo Pessoa, delator da Operação Lava Jato.
'DESTRUIÇÃO'
O presidente do PT, Rui Falcão, disse nesta sexta que a exibição do boneco como se fosse um ladrão faz parte de uma campanha de destruição da imagem do PT.
Citando uma expressão usada num artigo do ex-prefeito do Rio Cesar Maia (DEM), ele diz que há uma tentativa de derretimento da imagem de Lula. "Estão tentando derreter o Lula para destruir o PT. Eles sabem qual é a liderança, qual é a força politica que tem o PT. Isso já vinha antes de a gente ter a Presidência. Tem uma série de episódios de tentar destruir o PT e destruir o Lula. São os mitos: casa do Morumbi, fortuna do Lula, conta no exterior, uma série de ataques".
Segundo Falcão, o PT também é alvo de ataques. "Era da bagunça, da greve, os barbudos. Isso faz parte da campanha de tentativa de destruição", disse.