quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

INSS vai fazer ''pente-fino'' para revisar mais de 2 milhões de benefícios


O INSS orienta que os segurados levem toda a documentação médica disponível / Foto: Acervo/JC Imagem

Agência Brasil e JC

Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário informou nesta terça-feira (17) que mais de dois milhões de pessoas serão convocadas por carta pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) por conta de uma revisão criteriosa que será realizada nos benefícios pagos atualmente pelo órgão. Serão notificados 840.220 beneficiários de auxílio-doença e 1.178.367 aposentados por invalidez.
O objetivo do "pente-fino" é corrigir irregularidades na manutenção de benefícios. A previsão do Ministério é que todo o processo dure dois anos. A ação está regulada pela Medida Provisória 767, publicada do Diário Oficial da União no dia 6 de janeiro e pela Portaria Interministerial Nº 9, publicada nesta segunda-feira (16).
A convocação dos segurados vai ser feita por meio de carta com aviso de recebimento. A partir do comunicado, o beneficiário tem cinco dias úteis para agendar a perícia médica pelo telefone 135. Se ele não cumprir esse prazo ou não comparecer na data agendada, terá o benefício suspenso. Nesse caso, o segurado deve procurar o INSS e agendar a perícia para reativar o auxílio.


O INSS orienta que os segurados levem toda a documentação médica disponível, como atestados, laudos, receitas e exames para serem apresentados no dia da perícia.

Balanço

O balanço feito até 31 de outubro de 2016 revelou que das 20.964 perícias realizadas no período, 16.782 benefícios foram encerrados na data de realização do exame, gerando uma economia de R$ 220 milhões para o Fundo da Previdência.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Casal busca babá para viajar o mundo com salário de R$ 4.700 e todas as despesas pagas

Já pensou em viajar o mundo durante um ano e ter suas despesas pagas? Um casal de Utah, nos Estados Unidos, procura uma babá que ajude a cuidar de seus três filhos durante 365 dias, viajando pelos mais diversos países do globo. O anúncio viralizou: eles pagam todas as despesas e ainda um salário equivalente a R$ 4.700 reais.
O vídeo publicado na página do casal no Facebook tem quase 8 milhões de visualizações, 40 mil reações e 80 mil compartilhamentos.
Se você ainda não parou de ler para se inscrever, aqui vai uma informação: você tem 19.000 concorrentes. Daniel Tillotson, o pai, disse ao canal americano NBC que não esperava que a competição atraísse tanta gente.
“Achamos que encontraríamos uma Mary Poppins que cairia do céu e seria perfeita para nossa família. Agora estamos percebendo que todos os candidatos são ótimos”, disse.
Com uso do programa de Excel para catalogar os muitos inscritos, a empolgada família Tillotson espera anunciar um escolhido no início de fevereiro. Eles pretendem vender a casa e, em julho, iniciar sua grande jornada – que deve começar para Nova York e, depois, rumar para a Islândia.
A viagem na Europa ainda deve passar por lugares como Polônia, Hungria, Itália, Turquia, Áustria, Alemanha e França. Em dezembro, o casal planeja voltar para os Estados Unidos para passar o Natal em família. Depois de duas semanas, o “comboio” passa por Havaí, Nova Zelândia e países asiáticos.
Treinou o inglês? Gosta de crianças? Calma, antes de correr para preparar as malas, a inscrição pode ser feita neste link até o dia 17. No site, os candidatos encontram maiores informações sobre a grande viagem da família Tillotson.
Relatos sobre os todos os lugares visitados serão publicadas nas redes sociais (e você poderá acompanhar tudo de perto).
Veja

Pernambuco alerta para notificação imediata de casos da doença que deixa urina escura


Urina escura foi o sintoma apresentado por quase metade (47,7%) dos casos da Bahia  / Foto: Wikimedia Commons
Do JC


O Estado de Pernambuco emitiu um alerta às unidades de saúde para notificação imediata de pacientes que apresentem sintomas semelhantes aos da doença de causa desconhecida, registrada na Bahia e no Ceará, que causa dor muscular intensa (mialgia aguda) e deixa a urina escura. Segundo a Secretaria de Saúde de Pernambuco, atualmente não há ocorrência da doença no Estado.


A recomendação é que os serviços locais notifiquem de forma imediata (em até 24 horas a partir da suspeita inicial) casos de dor muscular intensa com aparecimento súbito, sem causa aparente identificada e com níveis elevados de enzimas musculares. Ainda se sugere observar a urina, que se apresentou escura em quase metade (47,7%) dos casos da Bahia. 
“Ainda não sabemos a causa da mialgia, mas estamos investigando quatro hipóteses: vírus, bactéria, contaminação alimentar por metais pesados e por toxinas”, diz a enfermeira sanitarista Ita de Cácia Aguiar, superintendente de Vigilância e Proteção à Saúde da Bahia. Ela informa que, até a segunda-feira (16), foram notificados 52 casos suspeitos de mialgia aguda (50 deles em Salvador). “Entre eles, 46 tiveram evolução boa e alta hospitalar. Desses, um teve insuficiência renal, mas recebeu tratamento e ficou bem. Há quatro casos que estamos analisando ainda porque foram os últimos a ser notificados”, informa Ita. 
Dos 52 casos, dois foram a óbito, mas as autoridades de saúde investigam a causa principal da morte. “Um dos pacientes apresentava cardiopatia e o outro tinha suspeita de infarto.” Todos os casos, segundo a Secretaria de Saúde da Bahia, ocorreram em dezembro. No Estado do Ceará, até o último dia 10, foram notificados três casos suspeitos de mialgia aguda.  
Na Bahia, a maioria dos pacientes consumiu peixe, mas oito não consumiram o alimento (ou não se lembram). “Por isso, estamos analisando outras hipóteses. Encaminhamos amostras de peixe ao Instituto Adolfo Lutz (SP) para investigar metais pesados e também aos Estados Unidos, a fim de pesquisar toxinas. Não há previsão para divulgação dos resultados.” O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia e o da Fiocruz Rio de Janeiro analisam amostras de fezes dos pacientes. 

VÍRUS

O  virologista Gubio Soares, da Universidade Federal de Bahia, analisa amostras de fezes e urinas de casos suspeitos. “Há indícios fortes de que a causa possa ser parechovirus, cuja frequência no Brasil é baixa. Mas precisamos ainda confirmar isso, o que deve acontecer nos próximos dias. Já houve casos no Japão em 2008, 2010 e 2014, com relatos de dores musculares”, frisa Gubio. 

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Jovens de 15 e 25 anos são assassinados em Petrolina, PE


Do G1 Petrolina

Instituto de Medicina Legal de Petrolina (Foto: Taisa Alencar / G1)Instituto de Medicina Legal de Petrolina (Foto: Taisa Alencar / G1)
Dois jovens, de 15 e 25 anos, foram assassinados na madrugada desta segunda-feira (16), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime ocorreu na Avenida 12 do bairro São Jorge, Zona Leste da cidade. Até o momento ninguém foi preso.

Ainda segundo informações da PM, o duplo homicídio ocorreu por volta das 1h40, quando dois homens chegaram em uma moto e atiraram contra as vítimas, que morreram na hora. Os suspeitos fugiram . Populares informaram que os jovens tinham envolvimento com tráfico de drogas, roubos e furtos.

O Instituto de Criminalística (IC) esteve no local, fez a perícia e removeu os corpos para o Instituto de Medicina Legal (IML). A polícia realizou buscas na região, mas os suspeitos não foram localizados.